truque de mestre

X MEN

X MEN

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Um dos filmes mais esperados do ano, o segundo da série Homem de Ferro, já não tem o quesito novidade e talvez aquela irreverência do primeiro, mas é Robert Downey Jr. que rouba a cena!

Downey Jr. faz você ficar ligado naquilo tudo e ainda adorando tudo como se fosse a primeira vez. O cara rouba a cena, sempre! Segura qualquer parte do filme e faz valer cada minuto com seu Tony Stark complexo, narcisista e debochado. O filme é dele!

Obviamente, um dos grandes destaques é Mickey Rourke como o vilão Whiplash. O personagem é misterioso, amedrontador, complexo!

As cenas de ação que estão em maior quantidade e agora são engraçadas também. O primeiro conflito entre Mickey Rourke e Downey Jr. já vale o ingresso! O sucesso de “Homem de Ferro” está nesta ironia, na complexidade dos personagens e na atuação de todos eles.

O vilão Justin Hammer, interpretado por Sam Rockwell é ótimo! É nojento, debochado, engraçado e a atuação de Sam é perfeita! Al Pacino chegou a ser cogitado para o papel que ficou com Sam Rockwell.

Gwyneth Paltrow e Scarlett Johansson estão como coadjuvantes, mas na direção de Jon Favreau todo mundo aparece muito bem no filme. Os personagens são bem escritos, bem construídos, engraçados e as duas estão ótimas.

Emily Blunt, Jessica Biel, Gemma Arterton, Natalie Portman, Jessica Alba e Angelina Jolie foram cogitadas para viver a Viúva Negra, personagem de Johansson.

Nessa sequência, o Terrence Howard foi substituído por Don Cheadle.

O filme tinha tudo para ser rock´n roll. A trilha sonora é ótima, Downey Jr é sarcástico e charmoso até dizer chega e ainda agrada tanto aos homens quanto as mulheres. Mas, assim como a obra-prima dos filmes sem cérebros, Homem de Ferro 2 não tem um roteiro à altura de suas boas cenas de ação, o que faz dele um filme totalmente dispensável.