truque de mestre

X MEN

X MEN

sábado, 28 de janeiro de 2012




Sinceramente, eu não entendi qual é a proposta do filme. A história é boa, bem contemporânea, mas faltou agilidade nas atuações e no roteiro.

Apesar das imagens paradisíacas, faltou cor nas emoções. Clooney sem dúvida é um bom ator, vemos isso em alguns trabalhos já feitos por ele, mas em "Os Descendentes" vejo as mesmas caras e bocas de "Amor sem escalas".

Em "Tudo pelo Poder", que concorre ao Oscar por roteiro adaptado apenas, esse sim, merecedor à algumas indicações a Estatueta de ouro, Ryan Gosling e George Clooney se encaixam perfeitamente em seus papéis. Sem precisar de muita direção, aqui vemos dois grandes atores completamente dedicados, trabalhando em personagens completamente opostos. Trabalho muito bem feito e que deveria ter sido reconhecido pela Academia!

O que é Matthew Lyn Lillard, ator de comédias tentando fazer um drama!!! Cadê o critério!!! O cara é até bom comediante, mas só isso. Já Nicholas Krause consegue se destacar com um personagem despretensioso.

O filme de todo não é ruim, tem até algumas tiradas engraçadas, mas nada que te faça chorar horrores pelo drama ou rir demais pelas pequenas piadas.