truque de mestre

X MEN

X MEN

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Do mesmo diretor de Indepence day e O dia depois de amanhã, 2012, segue a mesma linha do gênero, só que dessa vez dá o gostinho de missão cumprida: o mundo realmente destruído.

O eterno cinema catástofre dessa vez da sensação de estarmos dentro de um video game em seus momentos mais tensos. John Cusack é o protagonista taxado de maluco que virá o herói da história e pega a mocinha de volta.

Mais uma vez os USA saem na frente quando se trata de fazer filmes explosivos e pirotécnicos. Já que os USA gosta tanto de se gabar diante do mundo competindo descaradamente em tecnologias e afins, agora pode se gabar de ser o primeiro a ser destruído, álias a cena mais divertida do filme: ver o país ruir completamente. Páreo duro com a cena de quando a China é consagrada como os verdadeiros heróis do filme. Danny Glover cumpre bem o papel do presidente americano diante de tanto patriotismo, apesar de falta expressão.

É claro que não podemos esquecer que tudo se trata de dinheiro quando se fala em USA, até os momentos finais com direito a discurso de que todos somos iguais. um pouco patético, mas emocionante, até porque sabemos que nunca vai ser assim, mas cabe a nós nutrir esperanças de um mundo melhor (quem sabe um dia, talvez).


Enfim vale a pena ver pelos efeitos especiais. É divertido e vale a pipoca!