truque de mestre

X MEN

X MEN

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Diretor corajoso, sobretudo os atores que deram a cara à tapa e colocaram em risco a possibilidade de virarem galãs globais. Do Começo ao Fim conta a história de amor entre dois irmãos. Apesar do filme não oferecer nenhum conflito, a sensação que fica é que o diretor aposta demais no tema esquecendo uma das peças essenciais de um filme.

O filme é de uma fragilidade dramática que parecia ter sumido do cinema brasileiro. Forte, sensível, delicado! Mas em momento algum do filme, o maior tabu que existe causa espanto, estranhamento ou gera qualquer tipo de reação contrária, se abstendo de falar sobre o preconceito. Do ponto de vista do diretor, que quer que a história de amor entre os irmãos seja vista pelo prisma do sentimento e não pela polêmica.
Mas fica difícil entender o namoro dos dois como mais uma possibilidade de relacionamento e simplesmente ignorar como esse namoro seria olhado, entendido, recebido pela sociedade nos padrões em que ela está formada hoje. Qualquer pessoa com o mínimo de discernimento sabe que uma relação desta natureza enfrentaria percalços bem maiores do que uma viagem para o exterior.

Do começo ao fim é um filme inteligente, apesar da direção não ter um foco completo da sociedade atual , além de que tudo em cena é muito limpinho e a estética gay adotada tá mais para atrair um público específico, que se contenta apenas com beleza.

Do Começo ao Fim é o terceiro longa-metragem de Aluizio Abranches, os primeiros foram: Um Copo de Cólera (1999) e As Três Marias (2002).

O filme foi selecionado para a Première Brasil do Festival do Rio 2009, mas não foi finalizado a tempo. Um vídeo promocional do filme foi colocado no YouTube e foi visto mais de 400 mil vezes, causando polêmica e comentários de todos os tipos, desde indignação até o entusiasmo. Já no Orkut, o filme também repercutiu bastante e foram criadas inúmeras comunidades sobre o filme, com um número de membros incalculável.