truque de mestre

X MEN

X MEN

domingo, 30 de março de 2014

Quando você vê nomes como Ridley Scott e Leonardo DiCaprio como produtores, se imagina que veremos um filme no mínimo interessante.

Em “Tudo por Justiça” vemos que a relação entre irmãos de amizade e carinho é transformada em sede de vingança, quando o irmão mais novo some, repentinamente. É essa história que esperamos ver, mas o mundo em sua volta é mais importante em ser retratado, assim o ritmo do filme não se desenvolve, ele apenas contextualiza a história do personagem interpretado por Christian Bale.

Ambos os personagens passam por suas transgressões, cada um a sua maneira. Enquanto o pai, um doente terminal espera a morte, seu filhos vivem momentos diferentes. O mais novo sofre com o efeito pós guerra e tenta ganhar dinheiro com lutas clandestinas, já o outro vive uma vida simples, trabalhando na usina local.

A história é boa, mas mal aproveitada. A violência que o filme se propõe não é o foco principal como pensamos. O elenco e as atuações são de peso. Alias, o destaque do filme são as atuações competentes de Woody Harrelson e Christian Bale!

O filme demora a ter seu ápice e quando chega o grande momento, tudo se desenrola de forma muita rápida. Com um enredo mais cativante e que pudesse aproveitar melhor as emoções que ele tenta proporcionar, seria mais dinâmico e proveitoso.