truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

ANNIE POR ALÊ SHCOLNIK

Baseado na peça de teatro musical "Annie", (que ganhou de sete prêmios Tony) tem sua terceira adaptação para o cinema (a primeira foi em 1982, dirigida por John Hudson e a segunda em 1999, dirigida por Rob Marshall).

O clássico da Broadway que tem encantado o público durante gerações volta as telas do cinema  numa nova e contemporânea visão contando  a história da pequena Annie, uma menina órfã de dez anos de idade, feliz  e corajosa o bastante para trilhar o seu próprio caminho nas ruas de Nova York.

Deixada por seus pais ainda bebê com a promessa de que voltariam para buscá-la um dia, ela vive uma vida dura com sua malvada tutora, a senhorita Hannigan, mas tudo está prestes a mudar quando o magnata  e candidato a prefeito de Nova York, Will Stacks a salva de ser atropelada.

A atuação de Quvenzhané Wallis é fofa e cativante. A pequena que já foi indicada ao Oscar por “Indomável Sonhadora” conquista o público infantil.

Dirigido por Will Gluck (“Amizade Colorida” e “A mentira”), "Annie" tem tudo para ser um filme é adorável,  mas o que o estraga é a dublagem porca, incluindo os números musicais, (que foram completamente desnecessárias).

“Annie” é um filme fofo, colorido, o que agrada o público infantil, sem dúvida alguma, mesmo sendo cheio de repletos clichês.

Não esqueça a pipoca!