truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

CORAÇÕES DE FERRO POR ALÊ SHCOLNIK

Durante o final da Segunda Guerra Mundial, um grupo  formado por cinco soldados americanos tem como missão atacar os nazistas dentro da Alemanha. Eles são liderados pelo destemido sargento Wardaddy, que pretende vencer à qualquer custo.

Baseado numa história real, “Corações de Ferro” é um filme de guerra sob a perspectiva de quem a vive dentro de um tanque de guerra.

Tenso do começo ao fim, com uma ótima ambientação, grandes cenas de combate, deixando de lado todo o horror da mente humana que a guerra sempre dá a chance de explorar, “Corações de Ferro” tem potencial pra ser um excelente filme de guerra, mas seu  grande problema é a falta de história e a direção pouco inspirada de David Ayer, que faz do filme, apenas mais um no gênero, ainda assim, ele tem o mérito de conseguir prender o espectador em seu ato final.

Com um excelente elenco, a boa atuação de Brad Pitt, (mesmo que encarnando novamente Aldo Raine em Bastardos Inglórios), as atuações medianas de Logan Lerman  e  Shia LaBeouf,  ótimas cenas de ação, o filme poderia ter mais conteúdo e menos ação desenfreada.

Com um roteiro raso, uma boa direção de arte e boas performances, “Corações de Ferro” sem dúvida alguma, deveria estar no lugar de “Invencível” no Oscar deste ano nas categorias técnicas.

Alguns realmente se tornaram heróis, não pelo fato de lutar por um pais ou outro, mas simplesmente pela coragem e por lutar ao lado de seus queridos companheiros.