truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

DOCUMENTÁRIOS INÉDITOS DO FESTIVAL DO RIO SERÃO EXIBIDOS EM SÃO PAULO


O CineSesc realiza, de 5 a 14 de outubro, o DOC.SESC – Festival do Rio, um projeto dedicado a exibição de documentários das mais diferentes linguagens, que valorizam a discussão da arte, educação e de temas relevantes da atualidade.

Entre os títulos de destaque estão documentários sobre Roman Polanski, Woody Allen e Neil Young, e o filme de Spike Lee sobre o disco ‘Bad’ de Michael Jackson.

Programação e filmes:

A Nova York de Bill Cunningham 
(Bill Cunningham New York) de Richard Press. Com Tom Wolfe, Anna Wintour, Michael Kors, Annette de la Renta. Estados Unidos, 2010. 84min. Bill Cunningham é cronista de estilo do New York Times. Munido de sua bicicleta e câmera, há mais de 50 anos ele capta o estilo das ruas e da sociedade nova-iorquinas, detectando tendências que muitas vezes ainda estão por vir à tona. Começando em uma época em que os blogs de streetwear nem sonhavam em existir, Cunnigham, através das suas colunas “On the Street” e “Evening Hours”, mistura alta sociedade, excêntricos de todo tipo e anônimos de estilo. Ana Wintour, Tom Wolfe, Michael Kors e outros dão depoimentos sobre o seu apreço por Bill, uma figura decisiva da moda de Nova York.
Não recomendado para menores de 12 anos
05/10. Sexta, às 19h. 


Roman Polanski: Memórias 
(Roman Polanski: A Film Memoir) de Laurent Bouzereau. Com Roman Polanski, Andrew Braunsberg. Reino Unido / Itália / Alemanha, 2011. 94min. Em seu chalé na Suíça, onde esteve detido em prisão domiciliar em 2009, o cineasta Roman Polanski recorda momentos de sua vida e sua carreira em conversas com o amigo e produtor Andrew Braunsberg. Ele fala sobre sua infância nos guetos da Polônia, seus primeiros filmes, o assassinato de sua mulher, Sharon Tate, a polêmica prisão em 1977, quando foi acusado de abuso sexual, o Oscar pelo filme O Pianista (2002), e ainda de sua vida em Paris atualmente ao lado da esposa, a atriz Emmanuelle Seigner. Festival de Cannes 2012.
Não recomendado para menores de 14 anos
06/10. Sábado, às 19h. 


Woody Allen: Um Documentário 
(Woody Allen: A Documentary) de Robert B. Weide. Com Woody Allen, Penélope Cruz, Scarlett Johansson, Diane Keaton, Owen Wilson, Sean Penn. Estados Unidos, 2011. 108min. Pela primeira vez o roteirista, diretor, ator e músico Woody Allen permite que uma câmera documente sua intimidade e seu processo criativo no set de filmagens. Com imagens registradas durante um ano e meio, o filme percorre toda a sua vida, da infância no Brooklyn e do início da carreira como roteirista de TV e comediante stand-up até o Oscar de melhor diretor por Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1978) e seus filmes mais recentes, como Meia-Noite em Paris (2011). Diane Keaton, Owen Wilson, Scarlett Johansson, entre outros, também falam sobre sua relação com o cineasta. Cannes 2012.
Não recomendado para menores de 14 anos
07/10. Domingo, às 19h. 


A Pintura de Gerhard Richter
(Gerhard Richter Painting) de Corinna Belz. Com Gerhard Richter, Norbert Arns, Hubert Becker. Alemanha, 2011. 97min. Reconhecido como um dos mais importantes artistas vivos, Gerhard Richter detesta dar entrevistas e ser fotografado. Fascinado pelas rivalidades entre diferentes técnicas de pintura, há 50 anos o artista alemão experimenta uma série de métodos e ideias que se remetem a crises históricas e à mídia de massa. Imagens raras de arquivo e entrevistas com críticos e colaboradores traduzem um pouco de seu universo. Ainda com um acesso inédito ao seu ateliê, dois anos de trabalho apresentam seu deliberado processo criativo que faz deste retrato uma obra de arte em si. Festival de Toronto 2012.
Não recomendado para menores de 12 anos
08/10. Segunda, às 19h. 


Joe Papp em Cinco Atos 
(Joe Papp in Five Acts) de Tracie Holder, Karen Thorsen. Com Meryl Streep, Kevin Kline, James Earl Jones, Martin Sheen, Christopher Walken. Estados Unidos, 2012. 84min. Joe Papp é uma figura histórica do teatro americano. Para ele, arte é para todos, não só para poucos privilegiados. Foi ele que lançou os musicais Hair e A Chorus Line, além de ter tomado a iniciativa de montar Shakespeare gratuitamente no Central Park, em Nova York. Tendo sido um comunista atuante que escondeu durante boa parte da sua vida suas raízes judias, a vida privada de Papp era tão teatral quanto a sua vida cênica. Meryl Streep, Christopher Walken, Martin Sheen, Kevin Kline, entre outros, dão depoimentos sobre o legado e a tumultuada trajetória pessoal de Joe.
Não recomendado para menores de 12 anos
09/10. Terça, às 19h. 


Marina Abramovic – Artista Presente 
(Marina Abramovic The Artist is Present) de Matthew Akers. Com Marina Abramovic, Ulay. Estados Unidos, 2011. 106min. Marina Abramovic é uma das influências mais decisivas na arte da performance. Nelas, a artista testa os limites de sua própria resistência física e mental. Em 2010, o MoMA de Nova York, organizou uma grande retrospectiva da sua obra. Para a ocasião, Marina, não só remontou obras passadas, como criou uma nova performance pela qual interagiu intensamente com o público durante todo o período da mostra. O doc mostra a criação e o período desta exposição, alem de entrevistas com curadores, colecionadores e artistas. Prêmio do público de melhor documentário, Panorama Berlim 2012.
Não recomendado para menores de 14 anos
10/10. Quarta, às 19h. 


Steve Jobs: A Entrevista Perdida 
(Steve Jobs: The Lost Interview) de Robert X. Cringely. Com Steve Jobs, Robert X. Cringely. Estados Unidos, 2011. 70min. Espirituoso, visionário e franco. É desta forma que Steve Jobs aparece neste precioso registro captado em 1995 e até hoje desconhecido. Originalmente gravada para uma série sobre o nascimento do PC: O Triunfo dos Nerds (1996), apenas um trecho desta entrevista foi exibida na TV. Acreditava-se que o restante do material havia se perdido, porém, recentemente, uma cópia em VHS foi encontrada na garagem do diretor. Uma inédita análise sobre o surgimento da Apple, a era digital, revelando a paixão pelo trabalho, as escolhas profissionais e as ideias de um dos maiores nomes da nossa época.
Não recomendado para menores de 12 anos
11/10. Quinta, às 19h. 


Ai Weiwei: Sem Perdão 
(Ai Weiwei: Never Sorry) de Alison Klayman. Com Danqing Chen, Ying Gao, Changwei Gu. Estados Unidos, 2012. 91min. O artista chinês Ai Weiwei construiu sua obra a partir do questionamento de valores culturais e políticos e defendendo a liberdade de expressão. Desde 2005 municia seu blog com francas e incendiárias opiniões sobre a sociedade e a política na China. Após denunciar os Jogos Olimpícos de Pequim como propaganda do Partido, Ai Weiwei teve seu blog proibido. Mesmo assim, continuou com o seu polêmico twitter, até ser preso em 2011. Os 81 dias que passou na prisão ampliaram ainda mais sua história em busca de liberdade e questionamento. Berlim 2012 e prêmio do júri Sundance 2012.
Não recomendado para menores de 12 anos
12/10. Sexta, às 19h. 


Michael Jackson – Bad 25 
(Bad 25) de Spike Lee. Com Michael Jackson, Martin Scorsese, Joe Pytka. Estados Unidos, 2012. 131min. Em 2012, o álbum Bad de Michael Jackson completa 25 anos de lançamento. Registros das gravações de canções do disco e imagens de arquivo filmadas por Jackson e nunca antes vistas pelo público mostram o perfeccionismo do artista no seu processo criativo. Depoimentos de pessoas diretamente envolvidas com Michael, como Martin Scorcese, que dirigiu o videoclipe de Bad, e Sheryl Crow, que cantava com Michael, se unem a nomes da nova geração, como Kanye West e Cee Lo Green, para avaliar a influência que Michael ainda exerce no cenário pop atual. Festivais de Veneza e Toronto 2012.
Não recomendado para menores de 12 anos
13/10. Sábado, às 19h. 


Neil Young Journeys 
(Neil Young Journeys) de Jonathan Demme. Com Neil Young. Estados Unidos, 2011. 87min. Em maio de 2011, Neil Young subiu ao palco do Massey Hall em Toronto para uma icônica apresentação em sua cidade natal. Logo após o show, a bordo de um Crown Victoria, o artista revisita sua carreira e divide impressões sobre a passagem do tempo em uma viagem musical equilibrada entre a sabedoria e a experiência. Entrecortado com imagens do show, Neil revive sua infância em Omemee, cidade em que cresceu em Ontario. Em seu terceiro projeto juntos, o diretor Jonathan Demme e o músico traçam esta jornada dupla de volta para casa. Festival de Toronto.
Não recomendado para menores de 14 anos
14/10. Domingo, às 19h. 



DOC.SESC -  Festival do Rio
Local: CineSesc
Rua Augusta 2075
Ingressos: Segunda, terça e quinta: R$ 10,00; R$ 5,00; R$ 2,50. Quarta: R$ 8,00; R$ 4,00; R$ 2,00. Sexta, sábado, domingo e feriado: R$ 12,00; R$ 6,00; R$ 3,00
.