truque de mestre

X MEN

X MEN

sexta-feira, 26 de junho de 2015

MUITOS HOMENS NUM SÓ POR ANDREA CURSINO


A diretora Mini Kerti conduz com precisão e delicadeza esse filme de época baseado em fatos reais. Dr. Antônio ganha notoriedade nos jornais por conta dos furtos infalíveis. Ele era conhecido como Dr. Antônio, mas tinha várias identidades para executar seu ofício de se apropriar de objetos alheios. Por conta desse mistério, o detetive Felix Pacheco ficou obcecado em descobrir e prender o meliante. Por conta dessa história que tem origem na história de um famoso ladrão de hotéis, seu perseguidor, o detetive Felix Pacheco que criou o RG, Registro Geral, documento que identifica todos os cidadãos brasileiros.Com uma história pronta na cabeça a diretor Mini Kerti soube o que queria tirar do ótimo elenco que escolheu. O protagonista Dr. Antônio, que na verdade seu nome é Arthur,  ficou por conta de Vladmir Brichta. Já o Detetive Felix Pacheco ganhou vida com Caio Blat que contracenou com Silvio Guindane que interpretou Barreto, o jornalista interessado na história que segue os passos do detetive. A vítima ficou por conta de Luiz Carlos Miéle. Como na vida nada é fácil, o empecilho para dificultar a vida desse golpista ficou por conta de um casal cruza seu caminho, a Bela e irreverente desenhista Eva e seu marido Jorge vividos por Alice Braga e Pedro Brício e a pressão de seu mentor do crime vivido pelo ator uruguaio Cesar Troncoso.
Trama armada, linha de raciocínio para a condução da história resolvida, um bom elenco para trabalhar, a diretora conseguiu um grande feito, um filme com uma ótima qualidade técnica e um conjunto da obra admirável.

Uma direção de Arte impecável que conseguiu filmar em cenários reais no centro do Rio de Janeiro do início do século XX respeitando o contexto histórico e geográfico da cidade maravilhosa. Um filme de época requer um cuidado técnico minucioso e esse atingiu o ponto alto em termos de qualidade. Assim como a direção de arte, o figurino é belíssimo e ressaltou mais ainda a beleza de Alice Braga e a elegância de Vladmir Brichta. Outro ponto positivo foi a trilha sonora de Dado Villalobos que fugiu da obviedade de músicas clássicas e criou um som próprio que ficou harmônico com o contexto. A montagem de Sérgio Mekler proporcionou o  ritmo certo e nas cenas de suspense tira o fôlego do público e consegue prender a atenção do início ao fim.

Muitos Homens Num Só funciona bem como entretenimento, registro histórico, qualidade artística, além de nos fazer pensar nas consequências dos nossos atos. Com certeza é um dos filmes mais belos do cinema nacional.