truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 14 de novembro de 2012


Um pai e um filho, dois artistas, dois sucessos. Um do sertão nordestino, o outro carioca do Morro de São Carlos, um de direita, o outro de esquerda. 

Com uma trilha sonora que emocionou o Brasil,  a história de Luiz Gonzaga e Gonzaguinha traz à tona uma relação familiar muito difícil e complicada, mas que talvez possa ser superada por sentimentos adormecidos.

Gonzaga sai de casa jovem e segue para a cidade grande em busca de novos horizontes. No Rio de Janeiro dos anos 30, onde Noel Rosa e Carmen Miranda já faziam sucesso, Gonzaga conhece Odaléia, por quem se encanta e vem a se casar futuramente.

A importância de Ary Barroso na vida  profissional de Gonzaga é um ponto crucial para seu sucesso como o Rei do Sertão. É no programa dele que Gonzaga começa a realizar o sonho, quando resolve cantar músicas de sua terra natal.

Após o nascimento do filho e complicações de saúde da esposa, Gonzaga decide afogar a dor da perda da mulher na estrada, dizendo para si mesmo que é a garantia dos estudos e um futuro melhor para o herdeiro.

Com a morte da mãe, Gonzaguinha é abandonado pelo pai que está em ascensão na carreira. A relação dos dois se resume ao dinheiro que o pai deixa com os amigos para cuidar do filho. Em nenhum momento, Gonzaga tenta se aproximar de seu filho sendo um pai presente.

Durante a vida toda, o filho fica aos cuidados de amigos no Rio de Janeiro enquanto Gonzaga faz sucesso pelo Brasil afora. Ainda assim essa relação resistiu à distância e ao esquecimento.

Baseado em conversas realizadas entre pai e filho, essa é a história do cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga, também conhecido como O Rei do Baião ou Gonzagão, e de seu filho, popularmente chamado de Gonzaguinha.

O filme mescla imagens reais junto às de ficção, o que deixa o espectador mais perto ainda dessa história, o que possibilita uma emoção muito maior.

Com atuações brilhantes, uma fotografia divina e  cenografia de Luiz Claudio Peixoto, o filme transborda emoção!

Curiosidades:
Nivaldo Expedito de Carvalho, mais conhecido como Chambinho do Acordeon, foi selecionado entre mais de 5 mil candidatos para interpretar Luiz Gonzaga. Ele nunca tinha atuado antes. Sua inscrição para a disputa pelo papel, aliás, foi feita pela esposa, Daniela Piccino.

As locações do filme foram nas cidades de Exu ( onde Luiz Gonzaga nasceu) , Rio de Janeiro e nos arredores da Serra do Araripe.

O diretor Breno Silveira teve o primeiro contato com a história de Luiz Gonzaga e Gonzaguinha seis anos antes, quando recebeu uma caixa de fitas cassetes onde o filho entrevistava o pai.