truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O CLÃ POR ALÊ SHCONIK



Baseado na história real durante o processo da ditadura para a democrácia, o filme conta a história de uma das gangues mais conhecidas da Argentina, os Puccio, conhecidos por sequestrar e matar várias pessoas no inicio da década de 80.

O clã era composto pelo pai da família, Arquímesdes (Guillermo Francella), seus dois filhos, Daniel e Alejandro (Peter Lanzani), o militar aposentado Rodolfo Franco e mais dois amigos, Roberto Oscar Díaz e Guillermo Fernández Laborde.

O filme conta com a Direção impecável de Pablo Trapero (LeoneraAbutres e Elefante Branco) , um Roteiro envolvente e instigante, ótimas atuações e uma Direção de Arte digna da época, “O Clã” deixa o expectador inquieto, curioso e angustiado. 

O roteiro é bem construído, a narrativa é pesada e os personagens se constroem ao longo da trama, de forma a surpreender cada vez mais, seja por mostrarem inocência e fazerem sentir compaixão, ou por causar ódio nessa relação familiar , diria que inusitada.

A trama que segue de forma conturbada, com cenas sarcásticas e planos-sequência maravilhosos também conta com o cineasta espanhol, Pedro Almodóvar, na produção.

Além de ser o indicado argentino a uma vaga no Oscar na categoria melhor filme estrangeiro, o longa foi contemplado nos festivais de Toronto e de Veneza. Neste último, Trapero levou para casa o Leão de Prata de melhor diretor.

Um fato curioso: Arquímedes teria declarado que adoraria encontrar o diretor do filme para contar a sua versão dos fatos, ao saber da intenção de Trapero de levar sua história para os cinemas. No entanto, o chefe do clã morreu antes desta reunião. Quem teve a sorte de conversar com ele foi o jornalista Rodolfo Palacios, autor do livro “El Clan Puccio – Historia Definitiva”.