truque de mestre

X MEN

X MEN

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

AUSÊNCIA POR ANDREA CURSINO


Serginho é um adolescente que está na fase "entre menino e homem" depois que seu pai abandonou a família. Ele agora é o homem da casa, tomando conta da mãe e do irmão mais novo, enquanto trabalha na feira e mantém sua amizade com Mudinho e Silvinha. Ele tem uma relação confusa, entre o sexo e o afeto, com o professor Ney, que tem idade para ser seu pai. 

"Ausência" é um filme que tem um problema com o ritmo e acaba perdendo a força. O roteiro não ajuda a melhorar o ritmo determinado pelo diretor Chico Teixeira. 

O ponto positivo está na escolha do elenco. Ninguém se destacou e todos fazem um bom trabalho. A história no fim acaba sendo um dramalhão cansativo. 

O maior problema do filme está na falta de objetivo do diretor em contar uma história. Em alguns momentos o filme se arrasta e em outros parece que vai engatar a história e perde logo o foco. A direção de arte é o ponto forte em mostrar o universo de feirantes.