truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

JOGOS VORAZES POR ANDREA CURSINO


Com Panem vivendo uma guerra em grande escala, a jovem arqueira Katniss confronta o presidente Snow (Donald Sutherland) em uma batalha final. Para isso, ela contará com o apoio dos seus amigos mais próximos, como Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin) e Peeta (Josh Hutcherson). Só que a Capital é o jogo masi perigoso que eles já enfrentaram. 

Um dos filmes mais esperados do ano encerra uma saga de sucesso com qualidade técnica primorosa, um ótimo elenco, um show de entretenimento e um algo a mais, uma mensagem para pensar sobre como a política funciona desde que ela surgiu como organização de sociedade.

O filme pode não ter o mesmo ritmo de ação de seus antecessores, mas tem boas cenas de ação.

Para quem achou que o primeiro filme seria apenas uma carnificina sem sentido e não se interessou em assistir, perderam o que é uma saga política interessante e vale a pena conferir os quatro filmes dessa jornada criada na literatura de da escritora americana Suzanne Collins.

Para aqueles que assistiram os três filmes anteriores: Jogos Vorazes, Jogos Vorazes: Em Chamas e Jogos Vorazes: A Esperança Parte 1 existe uma curiosidade de como A Esperança – Parte 2 vai concluir a história.

A disputa e manipulação política entre Presidente Snow e Alma Coin brilhantemente interpretados por Donald Sutherland e Julianne Moore e a gangorra onde se pode ver a situação (Snow) em um embate com a oposição (Coin) na tentativa de manipular a protagonista Katniss vivida por Jennifer Lawrence. Até onde a oposição é oposição? Se olhar a história com um pouco mais de atenção, vai reconhecer diversas histórias políticas que a humanidade já viveu e ainda vive, infelizmente. Em meio a trama política, marketing e manipulação, o triângulo amoroso entre Peeta, Katniss e Gale oferece um ar mais mais humano a história sem desvirtuar o propósito principal.

O elenco tem nomes importantes para o cinema com talentos indiscutíveis como Julianne Moore, Woody Harrelson, Donald Sutherland, Elizabeth Banks, Stanley Tucci e Philiph Seymour Hoffman em seu último filme antes de seu falecimento em fevereiro de 2014. 

O elenco jovem também é talentoso começando pela protagonista Jennifer Lawrence que tem um Oscar e algumas indicações não só para o Oscar, mas também para diversas premiações de cinema ao redor do mundo. Josh Hutcherson e Liam Hemsworth vivem Peeta e Gale que fazem a história de Katniss girar. 

A motivação é a irmãzinha caçula de Katniss, Prim interpretada por Willow Shields que estreou no cinema com esse personagem no primeiro filme da saga. Os britânicos Sam Clafin e Natalie Dormer também cumpriram bem seus papéis e tornaram seus personagens carismáticos.

A caracterização foi possível com o maravilhoso trabalho de maquiagem da equipe da maquiadora Ve Neill, uma das mais premiadas maquiadoras do cinema. Ela proporcionou caracterizações únicas e marcantes Como as feitas em Elizabeth Banks, Stanley Tucci e Natalie Dormer. 

Como nessa fase da história, o glamour e o luxo da capital ficaram em segundo plano, a maquiagem dessa fase é impecável  trabalhando tons mais discretos em todos os personagens. A maquiagem de Cressida, personagem de Natalie Dormer,  também ficou mais suave.

O trabalho feito para a personagem Tigris de Eugene Bondurant ficou tão bonito e elegante que merece atenção. O trabalho de maquiagem 

Os efeitos são bons e a fotografia intercala entre o escuro e o claro, sendo que, as cenas claras ficam em tons pastéis mostrando a situação atual de toda Panem.  A boa montagem nos proporciona embarcar na trama e a montagem foi à solução mais eficaz para a ausência de Hoffman. Apesar de não ter o mesmo ritmo dos filmes anteriores, ainda sim é um bom filme que vale o desfecho. Um dos pontos importantes é respeitar os livros de Suzanne Collins. É claro que as linguagens são diferentes, mas é importante que a linguagem que está usando a história existente em outra linguagem, respeite a essência e os personagens que conquistou o público que está ansioso para ir ao cinema conferir a história que conquistou seu interesse. E isso, Francis Lawrence conseguiu.