truque de mestre

X MEN

X MEN

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

CREED - NASCIDO PARA LUTAR POR ALÊ SHCOLNIK




Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador.

O interessante do filme é que ele não traz a necessidade de ver (ou rever) a franquia Rocky. Nesse ponto o roteiro é bem contemporâneo e cheio de referências (o restaurante, o treinamento com as galinhas etc.), junto com as  grandes sequências de luta, muito bem filmadas. Alias, a trilha sonora se encaixa perfeitamente com os planos de câmera! É sensacional!

O roteiro é simples e redondinho, o romance com Bianca (que mais parece a cantora Rihanna), dá uma equilibrada no drama de ambos os personagens. Enquanto Rocky tem que lidar com o fato de envelhecer, Adonis precisa se livrar do trauma que seu pai causou para poder seguir em frente.

Michael B. Jordan e Sylvester Stallone demonstram boa química em cena, além das boas atuações.

Inicialmente, o ritmo pode incomodar um pouco, mas nada que prejudique a narrativa e a direção (que é boa também), é mais para contextualizar o enredo e os personagens. Ryan Coogler (“Fruitvale Station: última parada”)  reaviva Rocky Balboa em grande estilo e seguindo a cronologia.

Com ótimas sequências de câmera, o filme que premiou Sylvester Stallone no Globo de Ouro ( e sua indicação ao Oscar deste ano) levará muito mais do que os fãs da franquia para o cinema. Não percam!